Interpretação dos Sonhos: Qual o Significado? — Giorgia Matos, Psicanalista
interpretação dos sonhos, significado, análise

Interpretação dos Sonhos: Qual o Significado?

Você já teve um sonho muito estranho? Em que acordou e quis saber o significado dele?

Você sabia que os sonhos têm um significado oculto e que dá para descobrir qual é ?

Às vezes ele aparece sem sentido algum, às vezes aparece fragmentado e, quem sabe, até absurdo. Mas se forem juntadas as peças e analisadas com calma cada um terá o seu sentido lógico.

Por mais que o sonho seja irreconhecível, por mais que apareçam dragões cuspindo fogo ou até mesmo você apareça matando alguém, acredite: tudo faz sentido.

Sigmund Freud, o pai da psicanálise, tem um trabalho muito interessante sobre os sonhos que foi lançado em 1900, chamado: “A Interpretação dos Sonhos”. Na época não fez muito sucesso mas com o passar do tempo ele se tornou um dos livros mais lidos no mundo.

Interpretação dos Sonhos Para a Psicanálise

Interpretar sonhos, significado, análise

Até chegar na interpretação dos sonhos em si, você precisará se familiarizar com alguns conceitos psicanalíticos para melhorar a compreensão. Tudo simples, nada complicado e bastante interessante.

Você sabe o que é conteúdo manifesto? É o sonho do jeito que ele aparece para você. É aquela imagem vista, lembrada e como ela é relatada.

Às vezes ele aparece sem sentido algum, às vezes fragmentado, mas o real significado geralmente não se sabe.

Já o conteúdo latente é o que o sonho realmente representa. É a significação dele. Isso se dá depois da análise do sonho através da associação livre de idéias, uma técnica da psicanálise para se investigar o conteúdo existente no inconsciente.

Só quem vai saber o real significado do sonho é o sonhador. Um psicanalista pode ajudar, orientando e conduzindo, mas quem vai saber ao final o que de fato ele representa é somente quem o sonhou. O trabalho da psicanálise é justamente ajudar a descobrir o sentido oculto do sonho.

Segundo Freud, o trabalho do sonho é transformar o conteúdo latente em conteúdo manifesto, com o objetivo de tornar o sonho irreconhecível.

Mas por que tornar o sonho irreconhecível? Qual o sentido? Qual a lógica?

Uma das teses de Freud é que o sonho é a realização inconsciente de um desejo reprimido.

Sendo assim, quando você sonha, está realizando um desejo.

E o sonho usa alguns mecanismos de defesa para disfarçar a realização desse desejo, para que ele não se manifeste diretamente para você, porque isso poderia causar algum embaraço.

Mecanismo da Condensação

Um dos mecanismos é a condensação: O sonho reúne vários elementos, várias imagens em somente uma cena, tudo junto. Várias situações diferentes em um mesmo contexto.

E é um dos fatos que faz com que fique difícil a interpretação do sonho da forma que ele se manifestou.

Mecanismo do Deslocamento

O Deslocamento é outro mecanismo que o sonho usa para realizar o desejo inconsciente.

Ele substitui uma palavra ou imagem por outra parecida.

Mas está substituindo por quê? Para proteger você de seus reais objetivos, talvez eles sejam desagradáveis e o Superego (a censura) não permita ele se manifestar da forma que realmente é.

Mecanismo da Representação

Na Representação o trabalho do sonho é transformar pensamentos em imagens.

O sonho, enfim, não é só uma representação de um desejo reprimido. Ele pode ser também restos diurnos. Pode ser a representação do que aconteceu no dia do sonho ou dia anterior.

Talvez seja despertada uma dúvida em você: “Por que o sonho tem que ser tão camuflado?”

Freud responderia: A censura. Ele só deixa passar o que convém. Justamente para não causar estranhamento com os reais desejos.

E o que não convém, o reprimido, aparece em forma de sonho, disfarçado. Disfarçado para não ir de encontro à censura, e é isso que Freud chama de Formação de Compromisso.

Ou seja, na Formação de Compromisso o inconsciente diz: Ok, vou realizar teu desejo, só que disfarçado, por causa da censura.

Outra função do sonho é ser o Guardião do Sono. Você dificilmente desperta quando está sonhando. Claro que pode acordar, sim. Mas a regra é permanecer dormindo porque nesta etapa o sono fica muito profundo.

A Interpretação dos Sonhos no Divã

análise dos sonhos, divã, psicanálise

Dá para se fazer uma interpretação literal do sonho? A resposta é “não”. Tem que ser analisado o contexto. E isso demanda tempo e concentração.

O interessante é fazer uma Associação Livre junto ao seu psicanalista, que é quem sabe as técnicas apropriadas para conduzir o sonhador da melhor forma até a interpretação e o real significado de seus sonhos.

Mas ele só vai, no máximo, te conduzir. Porque quem sabe de seus desejos é você mesmo.

YouTube canal Giorgia Matos fala sobre Interpretação dos Sonhos

Deixe um Comentário:

18 Compart.