Janeiro Branco: Mês da Saúde Mental - Giorgia Matos Psicanalista
Giorgia Matos em entrevista na radio - Janeiro Branco

Janeiro Branco: Mês da Saúde Mental

Você sabia que o mês de janeiro foi consagrado como o mês da conscientização da saúde mental?

Isso mesmo. E o melhor: foi um brasileiro que deu o pontapé inicial. E agora vários países copiaram essa ideia.

Desde 2014, todo mês de janeiro é tomado por uma grande divulgação a nível mundial sobre a importância de se cuidar do seu psicológico. Afinal, indo bem sua saúde mental, irá bem sua saúde física.

A campanha Janeiro Branco iniciou sua trajetória em Uberlândia/MG e se espalhou rapidamente por todo o Brasil, conquistando outros países em seguida.

São tratados assuntos referentes a sentimentos e comportamentos, com o intuito de fortalecer uma reflexão sobre tudo que envolve essas questões, e incentivando a mudança na qualidade de vida.

Várias instituições, associações, faculdades e profissionais em saúde mental, irão ministrar palestras de conscientização e valorização da vida saudável, em que serão abordados vários temas como: depressão, ansiedade, síndrome do pânico, suicídio, ciúme patológico, entre outros. Hoje convivemos diariamente com essas sintomatologias, e não podemos fechar os olhos para elas.

O tabu existe, e ele tem que ser eliminado. Não podemos aceitar que, com uma taxa de suicídio absurda como se contabiliza atualmente, nós nos fechemos em uma redoma, com olhos vendados, fingindo que não é com a gente.

Prevenir o adoecimento mental através da consciência de que tudo o que vivemos fica guardado em nosso inconsciente, fazendo parte de nosso dia-a-dia, e levar a mensagem de que um bom controle de sua vida sentimental são atitudes de suma importância fazem parte dos preceitos básicos dessa campanha.

A Campanha Janeiro Branco da Saúde Mental convida você a pensar sobre seus sentimentos, pensamentos e comportamentos, a fim de valorizar tudo que há de melhor em você e conquistar uma vida mais saudável.

O “branco” simboliza a virada do ano, o novo. O que você passou no ano anterior, o que você avaliou deste ano e o que planeja para o ano que está vindo. É uma boa oportunidade para se colocar as metas em um papel em branco e a partir daí traçar um plano de ação. Isso, claro, em paz com sua consciência, com autoestima elevada, confiante e com uma boa saúde física e mental.

A esperança do Janeiro Branco é que os assuntos relacionados à saúde mental, que são de extrema importância, façam parte do nosso cotidiano, sendo valorizados e inseridos em nossa vida. O sofrimento psíquico está por toda parte, cada dia mais. Mas não precisa ser assim.

O projeto visa a inserção deste assunto como algo normal, e não como um tabu (com receio e vergonha), levando cada um a uma autoavaliação e a uma reflexão de como está seu psicológico. E procurar a ajuda de um profissional em saúde mental, caso se faça necessário.

A vida agradece.

Deixe um Comentário:

2 Comentários
Deixe Sua Resposta
0 Compart.